Digitais de Deus!

A luz dos vaga-lumes


Toda criança que já viu um vaga-lume (também conhecido como pirilampo) deve ter ficado encantada de saber que há insetos com “lâmpadas”. Quem nunca se perguntou como esses bichinhos conseguem brilhar no escuro?

Primeiramente, é bom dizer que, na verdade, os vaga-lumes não têm exatamente uma lâmpada acoplada no corpo. E eles não utilizam a eletricidade como as lâmpadas que costumamos comprar. Em vez disso, a “lâmpada” do vaga-lume usa dois produtos químicos chamados luciferina e luciferase. Quando essas duas substâncias se encontram dentro da “luzinha” do vaga-lume, ela se acende. Esse tipo de luz é chamado de “luz fria”, e o fenômeno é conhecido como bioluminescência.

Curiosamente, os cientistas ainda não conseguem fazer uma “lâmpada” igual à dos vaga-lumes, tamanha é a sofisticação dela. Mas há entre esses cientistas alguns que acreditam que tanto o vaga-lume, com sua luz sofisticada, quanto outros animais fantásticos evoluíram de seres primitivos que surgiram aqui por acaso. Que pena...

Que a luz do vaga-lume ajude essas pessoas a chegar àquele que disse há muito tempo: “Haja luz!”

You can leave a response, or trackback from your own site.

3 Response to "Digitais de Deus!"

  1. Olá Adilius vim retribuir sua visita ao meu blog e parabenizar pelos conteudos do seu blog. Parabéns e sucesso.

    Graça e Paz!

    Estamos precisando de figuras q represente a visão celular para confecção de banner´s.

    Ganhar, discipular, consolidar e enviar

    Ah! Estamos precisando de arquivos com boa resolução.

    Desde já muito obrigado pela atenção.

    Arlindo Lírio
    arlindolirio@hotmail.com

    pass it on

Postar um comentário

Powered by Blogger