Líder por Amor

“Tu me amas?... Pastoreia as minhas ovelhas” (Jo 21.16).

Depois que Jesus ressuscitou, ele foi ao encontro de Pedro na praia. Ele havia negado ao Senhor e voltado ao estilo de vida anterior – ser um pescador. Jesus comeu com ele e com os outros que com ele estavam. Depois disso, ele pergunta se Pedro o amava. Jesus não deu bronca em Pedro nem o chamou para o serviço como no início da convocação (Mt 4.18-22). Ele questionou a sua devoção, o seu amor, o nível de sua relação com ele.

Jesus está nos ensinando que liderar uma célula deve ser fruto do nosso amor por ele, não uma obrigação ou apenas um serviço para Deus. Nosso primeiro compromisso é com o Senhor, não com o seu serviço. Se o que fazemos para Deus não for uma expressão do nosso amor por ele, o nosso serviço não o agrada, pois ele prefere o nosso amor que o nosso trabalho. Ele prefere uma noiva que uma empregada. Quando amamos, nos motivamos, e aquilo que fazemos para a pessoa amada não pesa, não enfada.



Portanto, se queremos liderar uma célula abençoada, precisamos priorizar nossa vida devocional, nossa relação com Jesus. Precisamos cultivar o nosso amor por ele. Antes de mandar Pedro pastorear suas ovelhas, Jesus pergunta se ele o amava. Ele está perguntando também para você e para mim se o amamos. Só assim, o nosso trabalho como líder de célula se torna agradável ao Senhor e encontraremos sempre ânimo para fazer o melhor para ele.

Pr. Antonio Francisco

You can leave a response, or trackback from your own site.
Powered by Blogger