O QUEBRA-GELO!


Quebra-gelos são divertidos!


Anos atrás, minha esposa e eu lideramos uma célula de jovens profissionais. Esses jovens adultos tinham bons empregos, eram sérios em suas caminhadas com Deus e doavam-se para o grupo de uma maneira especial. Cada semana nos reuníamos para adorar, compartilhar, comer, rir e ser transparentes a respeito de questões difíceis de nossas vidas. Depois de três meses participando dessa célula, tivemos um encontro que não iremos esquecer. A pergunta do quebra-gelo era: “Se você pudesse mudar alguma coisa em você, o que mudaria?” Cada um compartilhou alguma coisa. Uma jovem senhora disse que ela não gostava dos seus cabelos loiros, porque as pessoas pensavam que ela era bonita, mas sem cérebro. Eu disse que gostaria de perder peso. A pessoa a seguir disse que gostaria de um nariz menor. Então Lee levantou seu cotovelo direito e disse: “Eu gostaria de poder levantar meu braço direito acima da minha cabeça”. A sala ficou em silêncio. Lá estávamos nós, falando de coisas triviais enquanto esse querido rapaz tinha uma deficiência física real! Eu senti a feição de choque no roso de cada um e precisava dizer alguma coisa rapidamente. Virei para ele e perguntei: “Lee, você gostaria que orássemos para que seu ombro fosse curado?” Ele respondeu: “Não, eu apenas gostaria de erguer meu braço para poder tomar um refrigerante sempre que estiver com sede”.


Naquela noite aprendemos que Lee tinha um senso de humor refinado e confiou o suficiente em nós para compartilhar isso. Nos meses seguintes, nos unimos como uma equipe e alcançamos alguns incrédulos. Algumas das minhas amizades mais profundas foram formadas naquele grupo. Agora, não quero exagerar ao dizer que nosso grupo foi ótimo por causa de alguns quebra-gelos engraçados, mas certamente posso dizer que nunca teríamos crescido tanto como equipe para ministração se não tivéssemos feito os quebra-gelos para abrir nossos encontros. Esse livrete está cheio de perguntas que você pode usar para começar seus encontros de célula. Líderes de célula como você mandaram essas perguntas para mim e creio que é uma grande coleção. Gaste alguns minutos para ler os parágrafos a seguir antes de “entrar” na escolha das perguntas que melhor combinam com os membros e com o nível de maturidade do seu grupo.
O que é um quebra-gelo?


Um quebra-gelo é uma pergunta simples que ajuda as pessoas a se sentirem confortáveis em um grupo. O quebra-gelo ajuda indivíduos a focalizarem nos outros. Isso vai ajudar a criar uma boa atmosfera para o encontro do grupo pequeno;
Por quê usar um quebra-gelo?


Quebra-gelos são vitais para o crescimento dos grupos pequenos ou células. As pessoas não divulgam de imediato suas necessidades e feridas em grupo. O quebra-gelo ajuda a praticar o compartilhamento e aprender que é seguro compartilhar coisas profundas. Sem quebra-gelos, seu grupo não vai ter a liberdade de compartilhar abertamente questões difíceis. Considere um quebra-gelo como o primeiro passo na preparação para nadar. Se você não aprender as técnicas simples de respiração, você terá medo e irá afundar! Encontros de grupos pequenos não são diferentes. Se você quer que seu grupo se aprofunde em questões mais íntimas, o uso regular de quebra-gelos será fundamental, mesmo que pareça sem utilidade. Quebra-gelos também ajudam você a conhecer coisas a respeito dos membros da sua célula que você não poderia descobrir de outra maneira. No início de um encontro, o líder da célula perguntou: “Qual era o seu brinquedo preferido quando criança?” Muitos falaram de brinquedos como Falcon, Barbie ou alguma outra boneca. Uma mulher falou: “Eu cresci na Alemanha durante a 2ª Guerra Mundial e naquela época eu não tinha nenhum brinquedo. Eu morei com minha irmã em um túnel subterrâneo”. À medida que o grupo começou a expressar simpatia diante de sua difícil experiência, ela falou: “Eu não precisava de um brinquedo. Eu tinha minha irmã”. Levaria meses para essa senhora tímida compartilhar dessa maneira. Agora, com essa pergunta simples, o grupo percebeu um novo lado da vida dessa senhora.





Quanto tempo deve durar um quebra-gelo?


Um quebra-gelo normal leva um minuto ou menos para cada pessoa responder. Alguns podem levar mais tempo, mas cuide com o tempo! Você poderá investir uma hora inteira de seu encontro se cada pessoa de um grupo de 12 pessoas falar por cinco minutos.


Diferentes tipos de quebra-gelos


Existem milhares de perguntas que se pode fazer para um grupo de pessoas, mas apenas algumas irão atingir o objetivo adequado para seu grupo. Quando seu grupo é novo, escolha quebra-gelos que irão apresentar a história de cada participante (irmãos e irmãs, o meio de transporte que você usava enquanto estava crescendo, etc.) e perguntas que irão ajudar todos a se sentirem confortáveis (“Diga como foi sua semana, comparando-se com uma fruta ou vegetal”). O fator decisivo é o aprofundamento dos relacionamentos. Se vocês estiverem juntos por alguns meses, uma pergunta mais séria como: “Qual foi a coisa mais importante que aconteceu com você na semana passada?” é bastante apropriada.





Quebra-gelos para os estágios da vida da célula


Existem cinco estágios da vida da célula: conhecimento, conflito, comunidade, alcançar outros e multiplicação. Cada estágio requer um tipo diferente de pergunta. Quanto mais tempo um grupo está junto, mais profundas podem ser as perguntas. Mas não se esqueça que o quebra-gelo é uma pergunta para focalizar todos num tempo que terão juntos e não um meio para entrar em um tempo de ministração (veja “Quebra-gelos errados” abaixo para maiores informações).


Como facilitar um bom quebra-gelo?


A melhor maneira para facilitar o quebra-gelo é fazer uma pergunta e respondê-la você mesmo dentro do limite de tempo. Então dirija-se à pessoa do seu lado direito ou esquerdo e peça para ela compartilhar. Isso possibilita duas coisas: define o limite de tempo e oferece um bom exemplo de uma resposta. A maioria das pessoas entende depois de uma ou duas respostas e não precisa fazer perguntas para esclarecer.


Sempre continue pelo círculo, pessoa a pessoa, e peça para cada um deixar para fazer comentários adicionais depois do encontro. Isso sugere para os que falam muito que podem responder ao quebra-gelo apenas uma vez, e também permite que as pessoas quietas compartilhem e não fiquem por último para responder a pergunta toda semana.


Dê a permissão para as pessoas “passarem”, para que não sintam que estão sendo colocados debaixo de holofotes. Algumas pessoas precisam de mais tempo para se “preparar” ou para “pensar” do que outras. Então, quando todos tiverem respondido, pergunte para aqueles que passaram se eles gostariam de responder. A maioria vai querer responder.


O quebra-gelo é uma das melhores partes do encontro para ser delegada para um membro do grupo. É fácil compartilhar essa parte do encontro. Convidando outros para liderar partes do encontro cria um sentimento entre os membros de pertencerem ao grupo.


Como lidar com o inesperado durante o quebra-gelo?


O que fazer quando alguém de repente fala alguma coisa realmente séria durante o quebra-gelo? (“Perdi meu emprego”, Meu pai morreu ontem”, “Minha esposa me abandonou”). Agradeça a pessoa na mesma hora por compartilhar uma necessidade tão profunda. Então diga que você (ou o grupo) gostaria de orar por ela logo após o período de exaltação (adoração) quando os membros estarão mais capacitados para ministrar. Dessa maneira, você não entrará num tempo de ministração antes de preparar seu coração, e o encontro todo (talvez os encontros seguintes) não vai focalizar em apenas uma pessoa.


O que fazer se alguém compartilhar alguma coisa inapropriada a respeito da esposa, pais ou membro da igreja durante o quebra-gelo? Esses são momentos muito embaraçosos! Diga para a pessoa que este não é o melhor momento ou lugar para compartilhar esse tipo de questão. Então volte-se para todo o grupo e diga: “Esse grupo é um lugar seguro. Aqui você é amado e nenhuma palavra ou ação pode fazer que deixemos de amar você”. Demonstre amor incondicional. Então faça a coisa ir para frente o mais rápido possível. Não há nada mais embaraçoso do que parar nesse tipo de questão! Ocasionalmente uma simples pergunta pode tocar em necessidades profundas ou feridas. Eu estava liderando um grupo alguns anos atrás e fiz uma pergunta simples: “Quantos irmãos e irmãs você tem, e onde você viveu sua infância?” As pessoas foram respondendo e, quando a terceira pessoa compartilhou, uma mulher que havia perdido sua irmã saiu correndo da sala, chorando. Apesar de sua irmã já ter falecido há mais de um ano e ela parecer estar bem em relação a isso, ela ainda estava sofrendo intimamente. Embora sendo uma pergunta inocente, essa pessoa da célula estava machucada pelo fato de eu fazer a pergunta, sabendo a respeito da sua perda. Eu me senti horrível. Mesmo me desculpando, a restauração do relacionamento levou semanas. A verdade é que eu levantei a questão durante um período de descontração, sem pensar. Se eu tivesse orado a respeito do quebra-gelo e separado um tempo para prepará-lo, teria escolhido uma outra pergunta. Ore cuidadosamente a respeito das perguntas que vai fazer ao seu grupo. Se você estiver a caminho do grupo sem um quebra-gelo, verifique com sua esposa ou com seu auxiliar se o grupo iria sentir-se confortável com a pergunta que você escolher. Eles podem estar pensando a respeito dos sentimentos das pessoas quando você não está, ou podem saber ou sentir alguma coisa que você não percebeu.


Separe tempo para treinar outros!


Quando você estiver ensinando outros como realizar essa parte do encontro (e você deve estar), peça que eles observem você e dêem um retorno depois do encontro. Então peça que um deles faça o quebra-gelo da próxima semana. Conversem depois sobre como foi liderada essa parte e o que precisa ser melhorado. Depois de algumas vezes, eles mesmos poderão dizer-lhe o que poderiam ter feito melhor ou o que foi bom. Não é difícil que eles façam o quebra-gelo se você der o modelo correto. A pessoa será treinada na prática, e essa é a parte mais fácil do encontro para delegar a uma pessoa que está surgindo como líder, para uma criança, para uma esposa acanhada ou para um novo membro.


Quebra-gelos errados


Um jovem líder de uma célula era a maior parte do tempo tão sério, que parecia estar perto de sofrer um ataque cardíaco. Ele era tremendamente disciplinado e muito dedicado ao Senhor. Quando era auxiliar, pediram para ele liderar um quebra-gelo. Ele perguntou: “Qual foi alguma coisa que deixou você com raiva essa semana?” Então respondeu sua própria pergunta, dizendo ao grupo que estava chateado com o líder da célula. O restante do grupo o seguiu e começou a criticar o líder da célula implacavelmente. Quebra-gelos errados convidam pessoas para revelar feridas e pecados de outros presentes, ou são inapropriados ou muito pessoais para um grupo. Se você não tem certeza se sua pergunta é apropriada, pergunte. Faça a pergunta e peça para o grupo dizer se eles querem responder ou não. Se alguém rejeitar, faça uma pergunta melhor. A última coisa que você gostaria de fazer é indispor-se com o seu grupo nos primeiros cinco minutos do encontro. Veja mais adiante alguns exemplos de quebra-gelos errados.


É a sua vez


Isso é treinamento suficiente. Você provavelmente já deve estar com comichão para ver as perguntas. Então vá em frente e encontre a melhor para você! Alguns dos melhores momentos da minha vida aconteceram em encontros de células. Eu já ri até quase não poder mais. E já chorei tanto com as outras pessoas que pense que iria precisar de um balde para conter minhas lágrimas. Nunca esquecerei da vez que visitei uma célula de uma outra igreja e o quebra-gelo foi: “Que tipo de música você ouve em seu carro?” As pessoas foram falando e um rapaz disse: “Eu não ouço nenhuma música em meu carro. Eu escuto minha esposa falar as coisas erradas que faço enquanto dirijo”. Lembre-se que não há respostas erradas para as perguntas desse livro. Mas, se você não fizer uma pergunta de quebra-gelo, você terá a probabilidade de ter um encontro ruim. Quebra-gelos são reveladores e muito engraçados. Intimidade em um grupo pequeno começa com um aperto de mãos e com um bom quebra-gelo.

OS DEZ MANDAMENTOS DO QUEBRA-GELO



1. Escolha o quebra-gelo de acordo com o grupo (jovens, adolescentes, adultos, crianças...).
2. Faça um rodízio, deixando um irmão responsável pelo "quebra-gelo" em cada reunião;
3. Não espere muito do "quebra-gelo"; a comunhão que ele produz é sempre superficial.
4. Não fique tentando fazer sempre uma conexão entre o quebra-gelo e a palavra que será compartilhada.
5. Não complique o quebra-gelo tentando encontrar sempre uma aplicação espiritual para ele.
6. Não tenha medo de repetir um quebra-gelo só porque você já o utilizou antes.
7. Não despreze o quebra-gelo, ele não é um tempo jogado fora.
8. Não use quebra-gelo que possam gerar constrangimento como desafios, com pessoas que você não conhece.
9. Não prolongue o quebra-gelo por mais de dez minutos na célula.
10. Não importa que tipo de reunião você fará. Ela será mais dinâmica se você fizer um quebra-gelo no início.

You can leave a response, or trackback from your own site.

1 Response to "O QUEBRA-GELO!"

  1. dayane says:

    gostaria por favor de albuns quebra gelos para celula, sou lider de celula.
    muito obrigado.

Postar um comentário

Powered by Blogger