Princípios da vida celular para que o fruto permaneça



Texto: João 15.16


Introdução: Amados! Você que é um discípulo em treinamento para conquistar as multidões para Jesus, deve conhecer e praticar alguns princípios que sem dúvida nenhuma vai desatar a unção de multiplicação em sua célula.


Gostaria de compartilhar com você, aquilo que o Senhor tem nos ministrado a respeito do processo de evangelização das células. Você não pode perder de vista o alvo de Deus com a sua célula, pois, quando perdemos o referencial o nosso trabalho se torna vão, o grande alvo de Deus são famílias transformadas pelo poder do Espírito Santo, não apenas pessoas que vêm e vão, mas pessoas que vêm, crescem, se reproduzem e escrevem história.


A Visão Celular tem como alvo principal o resgate das famílias de nossa nação, e para isso, é necessário desenvolvermos com compromisso e perseverança cada passo que a mesma propõe. As células precisam desenvolver um plano de evangelismo eficaz, que vai desde a oração por três, trinta dias com jejum, até o viver pleno da vida Cristã, através de um discipulado vivo e desafiador.


O fruto permanece, quando há uma atitude de obediência de cada líder de célula, em viver os princípios estabelecidos pela Visão, como um estilo de vida e não como uma exigência fria e angustiante.


Se queremos ver os frutos chegarem, as células têm que desenvolver um tremendo projeto de evangelismo, e se queremos que as vidas permaneçam, as células têm que ter um tremendo estilo de vida como a igreja primitiva teve.


Consolidar alguém é levá-lo a viver o Evangelho da Cruz, centrado na pessoa maravilhosa de Jesus, não consolidamos com palavras apenas, mas com o nosso testemunho de vida, porque, o testemunho fala muito mais do que qualquer palavra. Uma certa feita eu estava evangelizando um amigo que eu tinha no mundo, havia por volta de dois anos que eu não o via, porque, após a minha conversão este meu amigo querido resolveu se afastar de mim, eu estava falando para ele do amor de Jesus pelas nossas vidas e de repente ele me parou e disse: tudo o que você está falando eu sei que é uma grande verdade, pois, posso ver estas verdades estabelecidas em sua vida. O testemunho sempre fala mais alto na hora de consolidar alguém em Cristo, hoje este meu grande amigo é um dos meus pastores, líder do Ministério Para Tua Glória de Louvor e Adoração, ele e sua preciosa esposa tem centenas de discípulos. Não apenas permaneceram , como se reproduziram em outros discípulos ungidos e comprometidos com Reino de Deus, aleluia!


Vejamos os princípios que eu creio serem fundamentais para o bom desempenho das suas células e assim, os frutos virão e permanecerão.


Primeiro princípio – Conhecer o objetivo da célula (Mateus 28.18,20). Aqui na grande comissão de Jesus, está muito claro que o objetivo da célula é ganhar os perdidos e fazer de cada um deles discípulos de Jesus. Sendo assim, as células devem sempre nutrir um espírito de conquista e discipulado (consolidar) os conquistados através do acompanhamento prático e organizado, para que todos da célula respondam o chamado de Cristo. Primeiro a Visão tem que funcionar no novo decidido e depois de consolidado, vem o discipulado e aí é a hora dele funcionar na Visão, ou seja o fruto se tornou permanente.


Segundo Princípio – Motivação (Filipenses 3.12,14). O Apóstolo Paulo nos ensina uma lição tremenda neste texto, pois o que lhe motivava a prosseguir não eram as coisas naturais e sim as espirituais. A motivação das ovelhas deve ser as promessas do céu e não os cuidados deste mundo, células que tem um líder motivado pelas coisas do céu, vai trazer o céu para a terra e vai envolver todos os discípulos com a presença do Todo-Poderoso que salva, transforma, cura, sara e nos enche do Espírito Santo. Se queremos frutos permanente é necessário vivermos das coisas eternas e não das passageiras.


Terceiro Princípio – Apascentamento (provérbios 27.23). O líder da célula não pode negligenciar o apascentamento das ovelhas que o Senhor lhe está entregando, ainda que o consolidador daquela ovelha seja outro discípulo da célula, a responsabilidade de conhecer e dar direção para as ovelhas da célula é do líder, ele é o profeta daquele rebanho e um rebanho que não tem a voz profética se corrompe (Provérbios 29.18). Devemos nos envolver de fato e de verdade com o nosso rebanho, para que ele tenha o nosso cheiro e nós o cheiro dele, caso contrário, seremos apenas o pregador da reunião impessoal da célula, onde não se estabelece vínculos e também não há profundidade nos relacionamentos. Para que um rebanho se multiplique é necessário que o mesmo esteja sadio, e o apascentamento é na verdade, medicina de Deus para todo o rebanho. Quando há remédio de Deus para as enfermidades de nossa alma, somos curados e podemos viver com alma livre e consolidada para o Reino de Deus. O fruto que permanece é aquele que é bem cuidado, sarado e consolidado nos princípios eternos do Senhor.


Quarto Princípio – Relacionamentos Maduros (1 Sm 20.12,16). Podemos falar que um célula tem relacionamentos maduros, quando percebemos que o seu líder é aliançado com as ovelhas e as ovelhas com o líder, para que a célula lute com toda perseverança as guerras de Deus e não as guerras pessoais de cada um. Quando lutamos as guerras de Deus, contra os principados, potestades, dominadores e forças espirituais da maldade, trazemos a presença do Senhor dos Exércitos, o Grande El Shadai e assim Ele vence por nós as nossas guerras interiores e exteriores, Aleluia! Os nossos relacionamentos amadurecem através de uma vida com Deus genuína, pautada no amor e na dedicação pelo Senhor e pelos irmãos. Querido líder, firme bem a sua aliança com sua célula, guerreie as guerras de Deus, torne-se um shofar profético nas mãos do Senhor e conquiste as multidões para Cristo, levantando um exército poderoso de discípulos como Davi o fez (1 Crônicas 18.13b). Este exército virá e permanecerá por causa dos grandes feitos de Deus na vida de cada discípulo que fora recebido e consolidado com amor.


Quinto PrincípioTraçar Estratégias (Josué 6.1,9). Você que é um líder de excelência foi levantado por Deus para ser comandante dessa célula, e no exército de Deus tudo é organizado e funciona. O general do exército, o nosso Poderoso Senhor, vai passar todas as estratégias de guerra para o comandante que ele mesmo escolheu (João 15.16). Coragem! Abra os seus ouvidos espirituais para ouvir o Senhor, persevere na oração que é a maneira mais sublime de falar com o Senhor e coma a Palavra que te será um vigoroso alimento para te fortalecer na batalha. Escreva as estratégias que o Senhor te dá através de seu líder de geração, na Escola de Líderes, no discipulado, enfim, prepare seu povo para batalha e vença Jericó para Jesus. Eu sei que você pode, pois o Senhor é contigo como fora com Gideão (Juízes 6.16).
Ministre fé na Visão em sua célula, pois, ela está carregada de Unção, para que as promessas de Deus se cumpram em nossas dias. Chame os visitantes para se alistarem no exército vencedor e diga-lhes que para entrar neste exército de vencedores tem um caminho, Cristo Jesus. Faça espadas de isopor, papel, madeira, ou como melhor lhe convier e chame as pessoas a Cristo dando-lhes a espada da fé que derruba todos os nossos adversários (demônios) diga-lhes que, para que a ação de Deus venha na vida de cada um deles é necessário invocar o nome Santo e Poderoso de Jesus, faça oração de entrega e depois com a espada ore derrubando os inimigos que tem atormentado a vida deles, profetize e comprometa com o evangelho.; Deus te abençoe, e te faça mil vezes mais numeroso do que sois, como vos prometeu o Senhor (Deuteronômio 1.10,11).
Bp. Paulo Henrique – extraído da revista Geração Celular

You can leave a response, or trackback from your own site.
Powered by Blogger