Deixando as redes da dependência humana | Células - Estudos

Texto Base: Mt. 4.18-22

Quando a serpente seduziu Eva ao engano, plantou ali uma semente que até hoje reverbera no coração de todo ser humano. A serpente disse a Eva, no dia em que comeres do fruto “sereis como Deus” (Gn 3:5). Hoje todo ser humano se sente um pouco “deus”, auto-suficiente, auto- provedor, capaz de resolver seus próprios problemas daí é muito difícil ao homem compreender um princípio importantíssimo a conquista de milagres: Dependencia de Deus.

No início de seu ministério, Jesus começa a estabelecer sua equipe de doze e Pedro, Andre, Tiago e João foram os primeiro a receber o chamado. Mateus narra este momento, mostrando que aqueles homens deixaram as redes para seguir Jesus. Aquelas redes representavam para eles, dependência humana, afinal de contas era com elas que eles conseguiam o sustento. Assim como aqueles homens precisamos ter a coragem de deixar o que pensamos ter controle para depender exclusivamente de Jesus. 


Jesus tem uma chamada para você: DEPENDER EXCLUSIVAMENTE DELE! 
Largar as redes nos capacita a receber todas as bênçãos que Deus tem reservado para cada um de nós. Quando deixamos as redes da dependência humana e passamos a confiar inteiramente em Deus, pelo menos duas bênçãos são liberadas imediatamente sobre nós: 

1ª Benção: PROSPERIDADE - No Evangelho de Lucas 5:1-11, o mesmo fato é narrado, mas sob outra ótica. A narração de Lucas mostra que Pedro, Andre, Tiago e João haviam trabalhado a noite inteira e mesmo com toda sua experiência não haviam obtido resultado. Pela manhã Jesus os ordena a lançar as redes e debaixo da palavra de Jesus fizeram uma pesca maravilhosa. Este fato os levou a deixar tudo para depender de Jesus. Eles reconheceram naquele momento que Deus tem sempre o melhor pra nós. 
Há área em nossas vidas que representam as redes da dependência humana. São áreas que mantemos sob nosso controle exclusivo. Quem não deixa a rede da dependência humana para depender de Jesus nunca vai conhecer a prosperidade de Deus. Leia: Mateus 6:31-34 

2ª Benção: AUTORIDADE - A chamada de Jesus foi específica, Pedro, Andre, Tiago e João deveriam deixar de ser pescadores de peixes, para serem pescadores de homens, deveriam deixar de olhar para coisas para olhar para pessoas. 
Quando alguém decide deixar áreas de sua vida que julga ter controle para trabalhar com Jesus no cuidado de outras vidas, recebe imediatamente autoridade espiritual contra principados, potestades, dominadores e seres espirituais do mal. 
Esta autoridade espiritual esta a tua disposição para repreender forças do inferno que se levantam contra sua vida, família, discípulos e todos que o cercam.


Conclusão: Nosso Deus é um Deus que tem prazer em nos abençoar, mas suas promessas só poderão se cumprir em nossas vidas quando de fato em tudo dependermos dele. Que hoje até nossa oração se transforme, ao invés de dizermos: “Deus me ajude”, que digamos: “Deus vai a minha frente eu quero apenas te ajudar”.

You can leave a response, or trackback from your own site.
Powered by Blogger