O NOVO NASCIMENTO | Células - Estudos

( João 3:3)

Jesus disse que precisamos nascer de novo (João 3:1-11) Um homem chamado Nicodemos, certa vez, foi encontra-se com Jesus. Ele era um dos líderes religiosos daquele tempo. Tinha uma boa conduta, conhecia a Bíblia, liderava ensinava as coisas espirituais ao povo; enfim, um homem muito zeloso pela religião.
E  Jesus  começa o diálogo dizendo que, quem não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus e nem entrar no reino de Deus ( Joao 3:5). Reino de Deus não é o céu, como muitos pensam! Mas é o governo, o domínio, o reinado de Deus sobre nossas vidas e sobre o mundo. Em outras palavras, Jesus estava dizendo que, sem o novo nascimento, ninguém pode ter esse contato, esse relacionamento com Deus e  esse domínio de Deus sobre sua vida.
Para Nicodemos, certamente isso gerou uma crise em sua alma, pois, tendo tantas qualidades, provavelmente julgava-se pronto a entrar no reino de Deus. Nicodemos passou, então, a interrogá-lo sobre que o que viria a ser isso. (João 3:4)
Jesus passa a explicar que existe uma distinção entre o nascimento carnal e o espiritual (João 3:5-6).



É NASCER DO ESPÍRITO
Nem todos os que nasceram da carne, nasceram também do espírito. Precisamos nascer, também, do espírito, à semelhança do nascimento carnal. Então não temos espírito antes disso? Temos, porém está morta em si mesmo, por causa do pecado, porquanto não tem a vida de Deus.
Você precisa entender o que significa nascer de novo. Nascer de novo é o mesmo que ressuscitar. O nosso espírito precisa receber a vida do Espírito de Deus. Assim como o Espírito de Deus ressuscitou Jesus dentre os mortos, só o Espírito Santo é que também pode ressuscitar nosso espírito. (Romanos 8:11)

ELE NOS SUBSTITUIU
Como isso se processa? Bem, você precisa entender o que Jesus fez na Cruz. Ele nos substituiu. Tudo que Jesus fez foi em nosso lugar. Tudo o que nunca conseguiríamos fazer, Ele fez por nós, para que alcançássemos a salvação. Ele viveu a minha vida, morreu a minha morte, e ressuscitou a minha ressurreição. Ele assumiu a minha culpa, pelo meu pecado. Quando estava na cruz, me substituiu; então, significa que eu e você estávamos lá. A morte é conseqüência do pecado (Romanos 6:23). O único que podia vencer a morte era Ele mesmo. Ele morreu a morte de toda a humanidade e quebrou a maldição que veio por causa do pecado (Gálatas 3:13).
Ao terceiro dia Ele ressuscitou. Quando ressuscitou, também eu e você ressuscitamos com Ele. (Romanos 6:4-5).
É esta ressurreição que você precisa receber, pois foi no nível do espírito que Ele fez isso. Porém, para ressuscitar tem que haver morte. Se não há morte comprovada, não há necessidade de ressurreição. Jesus estava morto há três dias!

ELE JÁ NOS RESSUSCITOU
É preciso decidir morrera antes de receber a vida do Espírito. Assim como Jesus levou Sua cruz voluntariamente e decidiu morrer, também nós devemos tomar a Cruz e morrer. A nossa ressurreição espiritual acontece quando nos identificamos com Ele na Sua morte. O que significa isso? (Lucas 14:27)
Jesus poderia ter Se livrado da cruz, pois tinha poderes sobrenaturais para isso; mas não o fez, porque tinha uma missão a cumprir. E o fez por amor a nós todos! Agora, a nossa entrega é também voluntária. Mas tomar a cruz não é um sofrimento, uma enfermidade, um castigo, como muitos pensam. Este é um conceito completamente errado. A cruz é a renúncia, é entrega, é morte do ego.
O problema do ser humano se resume a uma palavra: Orgulho. Isso é auto-suficiência e independência de Deus. Morte é renunciar o orgulho, e com ele, seus projetos, idéias, pensamentos, opiniões, vontades, coisas, pessoas, enfim, o seu próprio caminho, para escolher o dEle. È se esvaziar de si mesmo para dar espaço para Deus. O Espírito Santo só ocupa espaço desocupado. Se estivermos cheio de nós mesmos, Ele não pode ocupar. A vida de Deus se manifesta quando decidimos, exatamente como fez Jesus, renunciar nossa própria vida. Jesus disse em João 14:24.


CONCLUSÃO
Tomar a cruz é se identificar com Cristo, renunciando a nós mesmos para receber a vida de Deus. È escolher a vontade dEle e não a nossa. A vida nasce da morte. Para muitas pessoas essa renúncia é algo muito difícil, por isso não recebem a vida. Você precisa lembrar que, depois da renúncia, da morte e da entrega, vem a ressurreição, a vida, a glória de Deus. A vida fascinante do Espírito Santo, a paz verdadeira, a alegria abundante, a realização e o propósito de vida se manifestam a partir dessa decisão de morrer por Ele, assim como Ele morreu por nós. Este é o momento de você receber a vida. Esvazie-se de você mesmo, e seja cheio do Espírito de Vida. Amém!

You can leave a response, or trackback from your own site.
Powered by Blogger